Em meio a reabertura gradual, conseguimos dar passos cada vez mais largos. Confira conquistas da Anpecom do último ano.

Viver por um mundo mais justo, regenerativo e fraterno exige esforço, trabalho, parcerias e inovação. O ano de 2021 representou para a Economia de Comunhão um salto para uma nova fase, um momento de olhar para dentro para inspirar novos rumos e metas. 

Para além de uma reabertura gradual dos eventos presenciais, graças ao avanço da vacina contra a Covid-19 – momento inesquecível para a história internacional e nacional – o ano que se passou representou para a rede edc um recomeço.  

Ao todo, conseguimos impactar positivamente a vida de 39.260 pessoas, por meio do envolvimento de 30 empresas e mais de R$ 1 milhão. Além disso, cerca de 25 iniciativas foram realizadas e aproximadamente 2.700 pessoas contribuíram com doações anuais. Novos passos rumo a uma rede cada vez mais unida e regenerada foram dados. Quais? Vamos compartilhar com vocês alguns dos trabalhos, iniciativas desenvolvidas e conquistas da Anpecom no ciclo 2021. 

30 anos edc

No ano passado celebramos três décadas da Economia de Comunhão que nasceu aqui no Brasil, no dia 29 de maio, e se espalhou pelo mundo. E a fim de celebrar essa data histórica, diversos webinars internacionais ao lado do Instituto Sophia foram realizados e, ao final, foi realizada uma grande festa no dia do nosso nascimento. 

Cerca de 21.595 pessoas foram impactadas nesta grande celebração que foi realizada pela comunidade de Loppiano, em Incisa Val D’Arno, Itália. 

Também para celebrar os 30 anos, produzimos um vídeo institucional: um grande manifesto desta nova fase rumo à construção de um mundo mais justo, regenerativo e fraterno.

Projeto Ancestralidade Negra e Florescimento do Empreendedorismo 

A iniciativa voltada para a potencialização da cultura, das lideranças e dos pequenos e das pequenas empreendedoras em situação de vulnerabilidade de um dos maiores complexos negro do Brasil, a comunidade Beru Tancredo Neves (BA), transformou a vida de 6,5 mil pessoas e foi realizada em parceria com a Associação Zagaia Amazônia e o Espaço Korihé

O projeto foi lançado oficialmente em 05 de agosto de 2021 e foi selecionado no edital do Fórum de Negócios de Impacto, que contou com a ação conjunta do Instituto Cidadania Empresarial, da Benfeitoria e da Fundação Tide Setubal para arrecadar recursos por meio de uma campanha de financiamento coletivo.  

Como um dos desdobramentos do projeto, foi desenvolvido o Festival de Empreendedorismo e Cultura em Beiru/Tancredo Neves, o FEIRU

Prêmio Jovem de Impacto: Eu Sou!

Para finalizar as celebrações dos 30 anos, ao final do ano a premiação foi voltada para impulsionar o protagonismo da juventude que busca fazer a diferença. No total, 56 Projetos e 11 Ensaios, enviados de 18 Estados da Federação e do Distrito Federal, concorreram a prêmios, entre eles R$12 mil distribuídos entre os trabalhos vencedores. 

Os vencedores e as vencedoras foram anunciadas no dia 08 de dezembro, por meio de uma live realizada pelo perfil do Instagram da rede, o @edcomunhaobr.

Rebranding

A reformulação da rede foi prática. Passamos por um momento de mudança no posicionamento da nossa marca, um rebranding. Ao lado da Agência Up Lab, uma empresa B movida por disseminar impacto, fizemos o trabalho de reposicionamento da marca, que levou em consideração nossas raízes, a história da rede, nossos valores e nossa missão. 

Nossa essência permaneceu a mesma, o que mudou foi nossa identidade visual e as estratégias de comunicação. 

E como tudo isso impacta a edc em 2022?

Através do nosso trabalho e dos eventos realizados, novos profissionais, projetos e empresas tiveram seu primeiro contato com a rede e iniciaram parcerias. 

Entre elas o Projeto Amazônia Viva, que em parceria com a Fundação Porticus, o Sistema B e o Instituto IRI, tem o objetivo de ampliar o conhecimento e o potencial de influência das comunidades de fé e de lideranças empreendedoras do território amazônico. 

Ademais, nosso novo posicionamento traz consigo mudanças que serão desenhadas ao longo do ano e segue cativando novos associados e associadas à rede. As conquistas da Anpecom nos impulsionam a seguir este caminho. 

Saiba mais sobre ser um empreendedor/a associado/a e acompanhe nossos trabalhos ao longo do ano. Seja um agente de transformação junto à edc (Clique aqui e descubra).